O que é SCD e por que isso é importante?

Desde maio de 2020, a WORK está autorizada pelo Banco Central para atuar como uma Sociedade de Crédito Direto. Essa autorização nos ajuda ainda mais a cumprir a nossa meta: descomplicar o sistema de trabalho. Mas, na prática, por que isso é importante para você?

Continue lendo para entender um pouco mais sobre essa regulamentação do BACEN e os impactos dela para o mercado financeiro.

SCD e SEP

Em 2018, o Banco Central lançou a resolução 4.656/18 para regulamentar a atuação das fintechs no Brasil, com o propósito de impulsionar a competitividade, incentivar a inovação no setor, além de ampliar a inclusão financeira e melhorar os fluxos de transações. Nela, foram propostos dois modelos de operações inteiramente digitais: a SEP e a SCD.

De forma resumida, a SEP, Sociedade de Empréstimo entre Pessoas, é uma instituição voltada para a oferta de empréstimos na modalidade P2P, ou seja, a empresa media o contato entre o interessado na solicitação de crédito consignado e/ou financiamento com os investidores

Já a SCD, Sociedade de Crédito Direto, designa as instituições que, através de capital próprio, podem conceder empréstimos. Ambas ainda podem fazer análise e cobrança de crédito, ofertar seguros e emitir moeda eletrônica.

A principal mudança trazida por essa regulamentação é que, antes, essas transações só poderiam ser feitas por instituições financeiras – como bancos, cooperativas, corretoras, entre outras. Assim, esse formato flexibiliza o mercado, já que as fintechs poderão atuar integralmente com recursos próprios, reduzindo as burocracias e agilizando os processos.

E quais vantagens a SCD traz?

Falando especificamente da SCD, as principais vantagens dessa licença para uma fintech – como a WORK – são, além do funcionamento autorizado pelo Banco Central, que é a principal autoridade monetária brasileira:

  • Permissão para emitir cartão de crédito;
  • Menores taxas de juros;
  • Mais segurança nas operações financeiras, já que, fora a rigorosa análise feita pelo BACEN durante o processo de solicitação da licença, todos os recursos utilizados devem ser obrigatoriamente da própria instituição; 
  • Independência para oferecer serviços diversos sem precisar da intervenção de outras instituições, como para emitir boletos, fazer transferências e muito mais.

Desta forma, sendo uma SCD a WORK consegue proporcionar as melhores opções disponíveis no mercado, com segurança garantida, praticidade, valores justos e benefícios personalizados de acordo com o que você realmente precisa – sem ter que lidar com todo o mecanismo ruidoso do sistema tradicional que conhecemos. 

É assim que iremos ajudar cada vez mais empresas que apostam em descomplicar o trabalho.